quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Toda menina acredita em conto de fadas.

Toda menina que deixou de lado sonhos, fantasias ou desacreditou no amor é resultado de alguém que destruiu dentro dela algo chamado "Fantasia".... não digo fantasia feminina, fantasia sexual blá blá digo fantasia mesmo. Mundo mágico, o tal mundo que dizem que não existe. Mas será que ele não existe mesmo?  Vivemos em uma realidade bem próximo a realidade do mundo mágico das rainhas, reis, princesas, principes, bruxas, fadas e doendes. Eu digo que não acredito em conto de fadas, apesar de admirar cada palavra dita em cada linha de cada história. Não é que eu não acredite sabe, eu só não acredito que nossa realidade possa virar um conto de fadas... mas acredito que nossa história possa ter um final feliz, igualzinho a todas as histórias perfeitas que já li. Mesmo demonstrando ser tão forte, e tão madura, eu sou menina, sou mulher, sou criança como todas as outras que um dia sonham, outro dia desacreditam, outro dia acreditam, outro dia sonham novamente e no final sabem que podem realizar com o poder chamado amor tudo que carregam dentro de si. Não só com o poder do amor, mas com o poder que cada uma de nós carrega dentro de si, o poder de nunca desistir, de nunca deixar de acreditar, o poder de sempre sonhar e acreditar que não existe limites para quem um dia acreditou em príncipes, princesas, papai noel, fadas e doendes... quem sabe eles não existam mesmo não é? Sou uma meninona que ainda brinca de boneca, acredita em fadas, adora comer doce, tem medo do escuro, chora de saudade, faz do controle microfone, rir dos problemas, tem vergonha de quem ama e brinca de andar de salto alto pela casa.... mas isso não me rebaixa nem me exclui do nível de meninas super dotadas, tipo mulherão para casar. O lance é que a sociedade acha que mulher mesmo é aquela que pisa nos homens e não chora quando assiste filme romântico. Problema é da sociedade, apesar do tamanho, da idade e da cabeça ainda pouco madura, eu tenho algo que realmente importa e faz valer a pessoa que sou... sou eu mesma. Eu mesma que diz que não sente falta, mas sente saudades, que diz que vive sem, mas morre se perder. Que diz que é melhor sozinha, mas chora quando tiver forever alone... aposto que qualquer menina é assim, no alge dos seus 15,16,14,13 anos... tanto faz. Toda menina um dia vira mulher eu sei, mas nenhuma mulher deixa de ser menina... nem se um homem arrazar com o coração dela, porque toda menina sabe acreditar em si mesma. Sempre. Toda menina tem um pouco de cada princesa:
Cinderela: Não desiste das suas vontades, dos seus sonhos.
Branca de Neve: Como a branca de neve para encontrar seu príncipe teve que morder a maçã enfeitiçada, na realidade é preciso passar por dificuldades para encontrar o final feliz.
Bela adormecida: Cedo ou tarde, você encontra seu grande amor.
Chapeuzinho Vermelho: Não tem medo quando o assunto é alguém especial.
Bella: Sabe aceitar os defeitos de quem ama, com cuidado e sem deixar de amá-lo.
Fiona: Ama além da aparência física.
Pequena Sereia: Enfrenta oceanos para viver uma linda história de amor.
Rapunzel: Com seu próprio esforço, traz para perto quem ama.
Depois disso tudo você ainda vai me dizer que não acredita em conto de fadas? Porque eu sei que você se encaixou perfeitamente em tudo que você leu...Eu acho assim né!

Jamais diga: ACREDITAVA. ACREDITE sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário